pub
pub
Punta del Este

Punta Del Este: compensa o City Tour?

por
28 Jun, 2014

DCIM100GOPRO

Punta del Este é um dos lugares mais lindos que já conheci, organizados, aconchegantes e com uma atmosfera maravilhosa. Começamos nosso passeio com um city tour contratado na beira do porto. Você consegue contratar serviços locais por preços atrativos, mas se vai ficar mais tempo lá, espere pois muita coisa você consegue fazer à pé. Para quem tem pouco tempo em Punta del Este, o city tour é ideal, pois te leva rapidamente a vários lugares. Passamos pelo Monumento ao Afogado, pelas Playas Brava e Mansa, por bairros luxuosos de Punta del Este como San Rafael e Beverly Hills, La Salina e, ainda, por La Barra.

A Praia Mansa tem esse nome por seu mar calmo e é banhada, na verdade, pelo Rio da Prata. Em frente, condomínios residenciais e bem calmos. Não é nada agitado. Passamos pela Igreja Nossa Senhora da Candelária, próxima ao Farol, um dos pontos de parada num tour pela cidade. Vale a pena conhecê-la para contemplação, pois Nossa Senhora da Candelária é a padroeira do balneário.

blogdanala_puntadeleste_viajandoa2-10

No começinho da Praia Brava, (parada 1) perto da Avenida Golero, está o maior cartão postal da cidade: a escultura Los Dedos (A mão) do artista chileno Mário Irrazábal. A escultura foi feita em 1982 para um encontro de artes e representa a intervenção do homem na natureza. Outros dizem que representa o último gesto de uma pessoa se afogando no mar e muita gente diz que há outra mão dessa em outros lugares, significando que Deus está abraçando os continentes. Bem legal e agitado também: e difícil fazer uma foto sozinho no local.

A Praia Brava tem ondas fortes – por isso, as preferidas dos surfistas. Como no lado voltado para o rio, tem águas geladas na maior parte do ano, mas no verão suas temperaturas ficam mais agradáveis. Como a orla é grande, nomes e números ajudam a identificar cada trecho da praia, que chega a ter mais de 40 paradas. O ponto mais famoso da orla é a Parada 1, onde está o Monumento ao Afogado, porém as paradas 8 e 12 também são bastante procuradas por turistas e surfistas. Nas áreas onde o movimento de pessoas é maior, há gente alugando guarda-sóis e cadeiras de praia, ou lounges que oferecem toda a estrutura necessária.

blogdanala_puntadeleste_viajandoa2-2

Seguindo pela Brava, depois da ponte ondulada tem a Praia La Barra, point de milionários para festas durante o verão. Ponto ideal de encontro para quem quer ir a uma boa festa. Enquanto Punta é um local bem estruturado, cheio de edifícios luxuosos, La Barra é um local mais rústico, simples, com ruas de terra. A região também é conhecida por fazer sucesso entre os jovens, por ter praias boas para azaração e vida noturna agitada. Quem prefere curtir baladas pode optar por fica em La Barra, em vez de Punta del Este.

A Ruta 10 é a principal via em La Barra. Nela estão os principais bares, restaurantes e lojas da cidade. Para quem se hospeda em La Barra ou pretende fazer algumas compras, passar pela Ruta 10 (ou Rota 10) é inevitável.

Museu Ralli
O espaçoso museu Ralli fica em Beverly Hills, um dos bairros mais luxuosos de Punta del Este, lindo de morrer – deu vontade morar lá, parecia filme. Na exposição permanente desse museu é possível observar quadros e esculturas que representam a arte contemporânea da América Latina. Peças de Botero e Dalí fazem parte de seu acervo. Tem dois espaços muito bonitos ao ar livre dentro da casa – um com uma fonte dos desejos (não esqueça a moedinha) e outro com um jardim de peças em tom preto. Impressionante. A entrada é gratuita e a frente do museu é cercada por uma vegetação lindíssima, bem diferente do Brasil.

blogdanala_puntadeleste_viajandoa2-3 blogdanala_puntadeleste_viajandoa2-4

Casapueblo
Logo no início da cidade fica Punta Ballena, onde está o incrível, maravilhoso, perfeito, Casapueblo. Pense em Grécia, mar, calmaria e beleza. Defini a Casapueblo. O lugar fica a 16km de Punta del Este, e hoje em dia funciona como casa, hotel, cafeteria, galeria de artes e um mirador excelente para admirar o pôr do sol.

A casa pertencia ao artista plástico Carlos Páez Vilaró e tem o formato do mapa do Brasil. Lá, a casa branca sem nenhuma linha reta abriga muitos pedaçinhos com arte em todos os lugares e uma das vistas mais bonitas que já vi. Ver o pôr do sol por lá é um dos meus desejos antes de morrer (rs). Outra opção para admirar o sol se pôr é o Mirador de Punta Ballena, que fica próximo. Cuidado com o calçado para ir até lá: bota ou tênis, por favor. É preciso descer a ladeira a pé ou descer o barranco se quiser chegar mais perto da praia – que é muito longe e parece ser bem gelada.

DCIM100GOPRO blogdanala_puntadeleste_viajandoa2-9

Centro e Calle 20
Do Los Dedos, caminhamos pelo endereço mais badalado de Punta no quesito compras é a Calle 20. Antes passamos pela Avenida Golero, que é considerada o centro da cidade. Lá fizemos algumas comprinhas – doce de leite da Fazenda Lapataia, imperdível – e tomamos sorvete (embora frio, foi altamente recomendado).

Conhecida por “Fashion Road” ou “Rodeo Drive do Leste”, na Calle 20 é possível encontrar lojas de marcas internacionais de renome, como Louis Vuitton e Valentino e também de marcas locais. São mais de 40 lojas de vestuário, jóias, galerias de arte, automóveis e restaurantes. De lá, você caminha para o porto.

blogdanala_puntadeleste_viajandoa2-11

Porto
Chegamos no Puerto de Punta del Este, que é uma grande marina com vários restaurantes e lojas próximo da Calle 20. É nesta área que desembarcamos e finalizamos nosso passeio. Espero me hospedar nesta área quando voltar, pois fica próximo de tudo – você vai caminhando e é linda de morrer. Vontade de sentar em um dos restaurantes beira-mar e viver ali pra sempre. Olha como tudo é super perto:

punta blogdanala_puntadeleste_viajandoa2-12

Um passeio maravilhoso que super recomendo. Encontrei um vídeo bacana no site da TAM VIAGENS. Recomendo:

Veja também os relacionados:

24 May 2017
18 Apr 2017
05 Apr 2016

Deixeo seu comentário